CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

RONALDUCHO DARIA DINHEIRO DO BOLSO PARA O GUARANI.

O atacante corintiano brincou com as polêmicas envolvendo a suposta "mala branca"

Foto: Fernando Borges/Especial para Terra

Enquanto o presidente Andrés Sanchez se irrita com a possibilidade de oferecer um incentivo financeiro para o Guarani tirar pontos do Fluminense, os jogadores do Corinthians falam abertamente que são favoráveis à chamada "mala branca". O atacante Ronaldo, por exemplo, tiraria dinheiro do próprio bolso para motivar o time de Campinas nesta última rodada de Campeonato Brasileiro.

"Ô! Está aí. Eu daria o meu dinheiro, sim. Por que não? Daria um incentivo para o Guarani pelos menos não sofrer gols. Não vejo nenhum problema nisso, sem hipocrisia", discursou Ronaldo, admitindo que o seu comentário possa incitar polêmica. "Tenho certeza de que virão muitas interpretações erradas, mas eu daria dinheiro sem problema nenhum", repetiu.

Ronaldo ainda brincou com o assunto, ao calcular quanto estaria disposto a pagar ao Guarani. "Mala branca tem que pagar imposto também? Lógico que precisa, né? Então, tenho que ligar para a minha gerente para ver", gargalhou.

Pouco antes do discurso de Ronaldo, Andrés Sanchez havia defendido que o Corinthians "não tem caixa dois" e, por isso, não enviaria nenhuma premiação ao Guarani. O atacante contrapôs.

"A mala branca tem essa conotação negativa, mas é uma motivação extra, como outra qualquer. Todos os clubes dão bixos. O Corinthians, por exemplo, paga os seus prêmios em dia, com impostos declarados. Talvez outros clubes paguem por meio de um caixa dois. Mas, mesmo assim, a mala branca é só um incentivo externo para um time vencer. Não há nada de absurdo nisso".

O Corinthians depende de um tropeço do Fluminense contra o Guarani para ser campeão brasileiro no domingo. Além disso, terá que superar o Goiás no Serra Dourada. "Tudo pode acontecer, mas não devemos de deixar de fazer a nossa parte contra o Goiás", advertiu Ronaldo, que está confirmado para o jogo após se recuperar de lesão muscular na coxa direita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário