CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

NOVA COPA DO BRASIL À PARTIR DE 2013.

Dassler Marques

Direto do Rio de Janeiro-www.terra.com.br

O estranho calendário que impede os clubes brasileiros classificados à Copa Libertadores da América de disputarem a Copa do Brasil será modificado a partir de 2013. Nesta quinta-feira, em entrevista concedida em um hotel na zona sul do Rio de Janeiro, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, anunciou que as equipes passarão a poder disputar ambas as competições na mesma temporada.

Conforme explicou Teixeira, a nova Copa do Brasil terá 86 clubes em vez dos atuais 64. Ela continuará sendo disputada no sistema mata-mata, enquanto que os participantes da Libertadores entrarão diretamente nas oitavas de final, juntando-se às dez entidades que superaram as etapas anteriores.

"Na quarta fase (oitavas) entram os cinco ou seis (times) da Libertadores, que já estará concluída (nesse momento)", explicou Teixeira. Caso o Brasil só tenha cinco representantes na competição sul-americana, "será chamado o primeiro colocado do ranking nacional de clubes da CBF para completar" o grupo dos 16 das oitavas de final. O torneio começará em março e terminará em novembro.

Devido à coincidência de datas e ao apertado calendário do futebol brasileiro, a CBF definiu em 2001 que os times não poderiam jogar ao mesmo tempo a Libertadores e a Copa do Brasil. Isso acabava enfraquecendo a competição nacional, que em 2012 não terá, por exemplo, Corinthians, Fluminense, Santos e Vasco, garantidos no torneio sul-americano da próxima temporada.

Neste ano, a determinação gerou reclamações especialmente do Corinthians, que acabou eliminado na fase preliminar da Libertadores pelo Tolima e ficou apenas com o Campeonato Paulista para disputar até o início do Brasileiro, em 21 de maio.

Na Europa, a classificação às competições continentais não tira os clubes das copas nacionais. A última vez em que isso ocorreu no Brasil foi em 2000, quando os participantes da Libertadores (Atlético-MG, Atlético-PR, Corinthians, Juventude e Palmeiras) foram na verdade beneficiados na Copa do Brasil, entrando na disputa já classificados automaticamente às oitavas de final. O título naquela oportunidade foi para o Cruzeiro, que superou o São Paulo na decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário