CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

SANTOS NA FINAL DO MUNDIAL DE CLUBES.

Finalista do Mundial de Clubes da Fifa após derrotar o Kashiwa Reysol por 3 a 1, nesta quarta, o Santos ocupou espaço de destaque entre os principais sites esportivos da imprensa espanhola, que acompanha o Barcelona, amplo favorito a ser o adversário do time alvinegro na decisão. Porém, as manchetes foram dominadas pelo desempenho de Neymar, autor de um belo gol que abriu o placar no Toyota Stadium, e pelo desempenho da equipe no geral, que não impressionou a imprensa ibérica.

Pouco tempo após o apito final que ratificou a classificação santista, o site do As e Sport usaram do mesmo título para também exaltar a atuação do brasileiro ante o Kashiwa: "Neymar espera o Barça na final". O primeiro destacou que o atacante liderou o triunfo santista com um gol que "ficou na retina dos aficcionados de meio mundo", além de atestar a qualidade individual do time de Muricy Ramalho. Mas opinou que o conjunto brasileiro parece "muito longe" em comparação ao time do técnico Pep Guardiola.

Já o Marca destacava em sua página inicial que "Neymar desafia o Barça com um golaço". No título do relato sobre a partida, o veículo fez um trocadilho entre o nome do clube brasileiro e a batida do camisa 11 para marcar o primeiro gol com o título "Uma pegada de Santo", onde os espanhóis reconhecem a bela jogada da joia alvinegra e os golaços de Borges e Danilo, mas alertam para a maior posse de bola da equipe japonesa na semifinal e analisam: em uma possível final diante do Barcelona, "a história poderá ser bem distinta".

Em um tom mais comedido, o Mundo Deportivo reportou que "Um golaço de Neymar encaminha trunfo do Santos sobre o Kashiwa", explicando que o primeiro gol da partida "colocou o Toyota Stadium de pé" e vai passar para a história do Mundial de Clubes.

A editoria de esportes do tradicional El País seguiu a mesma linha do Mundo Deportivo, descrevendo e elogiando o belo tento da estrela santista, além de relembrar que um time brasileiro não vence uma edição do Mundial de Clubes desde 2006, quando o Internacional derrotou o Barcelona por 1 a 0, em Yokohama, mesmo local em que o Santos tentará devolver a taça para um time brasileiro neste domingo.

*www.terra.com*

Nenhum comentário:

Postar um comentário