CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

domingo, 22 de abril de 2012

BRASIL 5 X 1 COLÔMBIA.

HOJE A BOLA ENTROU.
O que faltou ontem no
jogo contra o Paraguai ,
não aconteceu neste domingo

O placar de 5x1 deu o bronze
à equipe brasileira, nas
eliminatórias Sulamericana  do Mundial
de futsal 2012.

VEJA AGORA O COMENTÁRIO
DE
MARCELO RODRIGUES.
sex, 20/04/12
por marcelo.rodrigues |

Para um continente que, até bem pouco tempo, ninguém conhecia Futsal, além de Brasil e Paraguai e com a Argentina na última década tendo um salto de desenvolvimento impactante, as eliminatórias estão longe de serem consideradas como um mero passa tempo.
Para muitos torcedores as equipes são péssimas, vieram à passeio, vieram conhecer Gramado, etc. Quem achou isso, ainda não viu a Colômbia jogar…
Os Colombianos venceram Paraguai, Uruguai e Equador. Perderam para a Venezuela é verdade mas porque ainda não estão preparados taticamente para a marcação de retorno, cederam muitos contra golpes e foram surpreendidos. Ainda correm errado, não tem muito conhecimento tático, mas tem muito vigor físico, velocidade, técnica apuradíssima, marcação individual forte e se continuarem com seriedade esse desenvolvimento, não me surpreenderei se conseguirem chegar mais longe nesa competição.
Brasil, Argentina, Paraguai e Colômbia serão os representantes sulamericanos no mundial da Tailandia em novembro. O Uruguai, com muito mais tradição no Futsal do que a Colômbia, ficou pelo caminho.
Fazendo uma análise de Seleções como a Bolívia e o Equador penso que são as únicas que precisam aprender tudo da estaca zero. O Chile já está conseguindo uma pequena evolução assim como a Seleção Peruana. A Seleção Venezuelana já poderia ter evoluido mais. Em 2005, quando cobri o sulamericano sub 20 e eles foram vice campeões, eu disse na partida final que se fossem trabalhados da forma correta teriam êxito. Pois é, não houve evolução. O Uruguai melhorou bastante. A Seleção vem crescendo mas foi surpreendida pela Colômbia e errou muito contra o Paraguai ao ficar reclamando da arbitragem. Não houve um erro sequer dos árbitros. Houve até uma penalidade para o Uruguai que foi desperdiçada.
O Paraguai também levou um susto contra a Colômbia mas tem o Ferretti no comando. Quando precisou, foi lá e venceu o Uruguai.
A Argentina é que talvez precise mudar um pouco a estratégia. Não me agrada o fato de ver um Futsal tão cauteloso.
Entendo e respeito a maneira do treinador utilizar essa estratégia, mas o jogo não pode ser só defesa. A Argentina marca muitíssimo bem e com a posse de bola não tem nem 20% dessa eficiência. Pode vencer assim? Claro. Mas vai ser ao acaso (um título em 20 tentativas). Se quiser vencer sempre e estabelecer-se como potência na modalidade precisa trabalhar a ofensividade. Enquanto brasileiro e torcedor, prefiro que eles continuem assim. Mas enquanto analista e amante dessa modalidade gostaria muito que mudassem. Aí teríamos uma América do Sul mais forte e brigaríamos de igual para igual com as Seleções Européias na FIFA. Repito: a Argentina pode vencer jogando desse jeito mas precisará jogar mais do que 100% o tempo todo.
Chegou a vez do Brasil. Somos muito superiores à maioria, temos 25 atletas que podem defender a Seleção no mundial, montamos um time com jogadores que atuam no Brasil e estamos jogando bem.
Mas também erramos…
A ansiedade vem sendo o ponto a ser corrigido. Faltas desnecessárias no ataque, precipitação de alguns jogadores no passe ou no chute e também para concluir o ataque.
Muito embora nossa primeira missão já esteja cumprida, vencer as eliminatórias é mais do que obrigação. Enfrentaremos o Paraguai nas semi-finais e teremos o Ferretti no outro banco. Se esses erros continuarem a acontecer, podemos ter dificuldades. Uma vez na final poderemos enfrentar a Argentina e seu jogo fechado ou a Colômbia com seu jogadores destemidos, rápidos, habilidosos, classificados e franco-atiradores. Tanto uma Seleção quanto a outra merecem o nosso respeito e isso é bom que se frise.
Somos melhores? Sim. Já vencemos? Não! “100% o TEMPO TODO NELES”, sem ansiedade e com muito respeito. Aí não tem jeito, o título é nosso. Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário