CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

29 ANOS DA CONQUISTA GREMISTA EM TÓQUIO.


Com dois gols de Renato, Tricolor conquistava o maior título de sua história

Grêmio venceu o Hamburgo, em Tóquio, no dia 11 de dezembro de 1983

FHá exatos 29 anos, no dia 11 de dezembro de 1983, o Grêmio era campeão mundial de clubes. Com uma vitória por 2 a 1 sobre o Hamburgo, na prorrogação, o time liderado por Renato Portaluppi conquistava o título mais importante da história do clube.

Antes, o Grêmio havia sido campeão da Libertadores ao vencer o Peñarol na decisão. O Hamburgo chegou ao Mundial como campeão da Liga dos Campeões da Europa. Na decisão, venceu a Juventus de Michel Platini.

Renato abriu o placar para os gremistas aos 37 minutos do primeiro tempo. Depois de ficar à frente do placar por quase toda a partida, o Grêmio cedeu o empate. Schröder igualou o placar aos 40 minutos da etapa final. Na prorrogação, novamente Renato balançou as redes, logo a três minutos. Depois, o Tricolor segurou o resultado e conquistou o mundo.

O Grêmio reencontraria o Hamburgo quase 29 anos depois, no dia 8 de dezembro de 2012, em outro momento histórico do Grêmio. Na inauguração da Arena, o Tricolor voltaria a vencer por 2 a 1, desta vez com gols de André Lima e Marcelo Moreno.

FICHA TÉCNICA DA DECISÃO

GRÊMIO 2x1 HAMBURGO

Estádio Nacional de Tóquio, 11/12/1983
Árbitro: Michel Vautrot (FRA)
Assistentes: Toshikazu Sano (JAP) e Shizuhasu Nakamichi (JAP)
Gols: Renato (37'/1°T e 3'/1°Pro) e Schröder (40'/2°T)

Grêmio: Mazarópi; Paulo Roberto, Baidek, De León e PC Magalhães; China, Osvaldo e Mario Sérgio; Renato Portaluppi, Tarciso e Paulo César Caju. Técnico: Valdir Espinosa.

Hamburgo: Stein; Wehemeyer, Jakobs e Hieronymus; Schröder, Groh, Rolff, Hartwig e Magath; Wuttke e Hansen. Técnico: Ernst Happel.

*CLICRBS*

Nenhum comentário:

Postar um comentário