CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

INTER JÁ PENSA NA REABERTURA DO BEIRA RIO.

Inter sonha com gigante europeu na festa de reabertura do Beira-Rio

Diretor de marketing revela ajuda da Nike para trazer Arsenal, Manchester United, Barcelona, Inter de Milão ou Juventus a Porto Alegre

Por Tomás Hammes -globo esporte.com
Porto Alegre

Que tal enfrentar Arsenal, Manchester United, Barcelona, Inter de Milão ou Juventus? A ideia ainda está em fase de amadurecimento. Depende de uma série de fatores. O mais complicado, o calendário. Mas pode surgir daí um enfrentamento para o Inter na reabertura oficial do Beira-Rio, o que já valeria toda espera do colorado sem poder assistir aos jogos na casa colorada - durante as obras, seu reduto será o Centenário, em Caxias do Sul.

O assunto é tratado com o máximo cuidado, até para não criar falsas expectativas. Será discutida na Comissão de Organização da Reinauguração do Beira-Rio, instaurada na última quarta-feira, que trabalhará para discutir os eventos presentes na festa do reinício do estádio. O projeto teria a parceria da Nike, fornecedora de material esportivo do Colorado, e que está na camisa destes grandes europeus. A multinacional poderia até contribuir financeiramente, atesta o diretor executivo de marketing do Inter, Jorge Avancini.

- Existe a cultura de um amistoso no Brasil, seja para uma estreia ou reinauguração. A Nike patrocina Arsenal, Manchester, Barça, Inter, Juventus. E isso contribui muito. Ela se comprometeu a ver a possibilidade, até ajudar financeiramente se possível. Mas depende do compromisso dos caras, da data. E também estaremos em um período de Copa do Mundo - pondera.

D'Ale elogia rival, mas vê sequência como trunfo: 'Temos entrosamento'Dunga encaminha Inter com Ronaldo Alves e Ygor para Gre-Nal em CaxiasCarrasco e goleador: Inter aposta em passado e presente de 'trio de ouro'O dirigente mede cada palavra. Ressalta que não há um início nas tratativas. O principal foco, diz Avancini, é fazer uma festa bonita que agrade ao sócio. E, o mais importante: com todo o estádio 100% pronto e funcional. Nada de obras para dificultar a operação. O dirigente não cita o Grêmio, mas os problemas apresentados na Arena do rival ligaram o alerta colorado para evitar passar pelos mesmos percalços.

- É um cuidado que o Inter tem. A gente não pode entregar um produto que não esteja acabado. Foi uma demanda do presidente Giovanni. A decisão final é dele. Até por isso, será tudo discutido, como realizar a reinauguração, em que momento.

A discussão também terá a Andrade Gutiérrez, construtora responsável pela reforma do Beira-Rio. Ela apresentará o cronograma final para saber quando será finalizado o estádio, mesmo que o Inter comece a atuar antes já – a previsão aponta que o clube volte a sediar suas partidas em setembro.

A comissão ainda não tem uma previsão de quando dará o próximo passo para definir como será o evento, se terá bandas musicais, partida... O certo é que a festa será toda voltada ao sócio.

- A partir de agora, a comissão vai desenhar o evento. É buscar uma alternativa para fazer um grande evento, como é o costume do Inter.

Fechado desde dezembro, o Beira-Rio está com 58% das obras concluídas. O estádio receberá cinco jogos da Copa do Mundo de 2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário