CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

REALMENTE NÃO DÁ PARA ENTENDER ESTE POVO.

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro
Apenas dois dias após ser inaugurada no setor Oeste do estádio Engenhão, a estátua em homenagem a Zagallo já sofre com o vandalismo. A obra do artista plástico Edgar Duvivier, apoiada por Botafogo e CBF (Confederação Brasileira de Futebol), amanheceu pichada nesta quinta-feira. Entre as diversas inscrições, havia um símbolo anarquista no rosto da estátua.
Um número 13 – considerado como o da sorte de Zagallo – também foi colocado no monumento. Além da homenagem ao Velho Lobo, o Botafogo lembra de outros jogadores importantes de sua história no local. As estátuas de Garrincha, Nilton Santos e Jairzinho também foram alvos de pichações.


Na tarde desta quinta, as pichações na estátua de Zagallo e de Nilton Santos foram apagadas. No entanto, os monumentos de Garrincha e de Jairzinho seguiam sujos. O diretor executivo do Botafogo, Sérgio Landau, detonou os vândalos e lamentou a falta de punição pelo ato.
“Isso não é manifestação, é coisa de pichador, de gente mal-educada. Hoje em dia virou moda pichar, isso é uma idiotice. Uma falta de respeito com a histórias desses atletas. Infelizmente não vai acontecer nada com esses vândalos”, disse o dirigente ao UOL Esporte.
A estátua de Zagallo foi inaugurada na última terça-feira. A homenagem foi marcada pela emoção do ex-jogador e contou com as presenças do presidente da CBF, José Maria Marin e o vice-presidente da entidade, Marco Polo Del Nero. Além de cerca de 100 torcedores alvinegros, o ex-jogador Amarildo e o coordenador técnico da seleção Carlos Alberto Parreira também compareceram ao evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário