CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

ARENA DO GRÊMIO.

Bolzan desconhece efeitos da Lava Jato na compra da Arena

Presidente eleito afirmou que Grêmio está atento às investigações da PF
Bolzan desconhece efeitos da Lava Jato na compra da Arena  | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória
Bolzan desconhece efeitos da Lava Jato na compra da Arena | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória
www.Correio do Povo e Rádio Guaíba
A Operação Lava Jato, que apura o esquema de desvios de recursos da Petrobras, pode atrapalhar a compra da Arena pelo Grêmio. De acordo com o colunista do Correio do Povo Hiltor Mombach, parceira do clube, a OAS se viu envolvida na investigação depois que a Polícia Federal (PF) interceptou uma troca de mensagens entre o doleiro Alberto Youssef e o funcionário da empresa José Ricardo Breghirolli. Ao ser questionado sobre os efeitos das investigações na aquisição do estádio, o presidente eleito Romildo Bolzan Júnior afirmou que nenhum juízo de valor pode ser emitido neste momento.

"Não temos a mínima noção do quanto pode afetar o Grêmio. Ainda que não seja diretamente, mas pode atingir o nosso parceiro. Não temos conhecimento da investigação e não temos conhecimento dos fatos. Desta forma, seria extremamente temerário emitir qualquer juízo de valor, seja pessoal, ético ou processual", declarou nesta quarta-feira à Rádio Guaíba. 

Bolzan garantiu, porém, que o Grêmio está muito atento ao desenrolar das investigações da PF. "Os fatos precisam ser determinados para que possamos conhecer as consequências. Claro que estamos observando e estamos atentos, mas seria extremamente difícil emitir algum conceito sem conhecer o processo na íntegra", explicou.

O novo presidente do Grêmio minimizou o fato da investigação da PF ter citado o nome de Eduardo Antonini, então presidente da Grêmio Empreendimentos e peça fundamental na construção da Arena. "Não é uma novidade a citação. Sinceramente espero que seja tudo justificado. Ele fez uma defesa e espero que ela seja feita de uma maneira consistente. Ninguém deseja isso para as pessoas e eu gostaria que ele saísse isento de tudo isso", finalizou Bolzan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário