CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

sábado, 3 de janeiro de 2015

TIME COLORADO MAIS RÁPIDO EM 2015.

Inter quer time mais forte e rápido para 2015

Dirigentes colorados procuram reforços que se encaixem no perfil solicitado por Diego Aguirre
Aguirre quer reforços para os três setores do time | Foto: Cristiano Munari / Especial / CP
Aguirre quer reforços para os três setores do time | Foto: Cristiano Munari / Especial / CPovo
 
  • Por solicitação do técnico Diego Aguirre, todas as próximas contratações do Inter seguirão um perfil: “Estamos procurando jogadores mais fortes, mais altos e mais rápidos. São características dos times treinados pelo Diego Aguirre que também faltaram ao Inter no ano passado. É um pedido dele”, observa o vice de futebol, Luis Fernando Costa, que toma posse na próxima segunda-feira, mas já trabalha na remontagem da equipe há quase um mês.

Ele confirma que procura reforços para os três setores do time, mas diz que não há prazo para os anúncios. O objetivo é ter o grupo pronto — ou quase — a tempo de viajar para Bento Gonçalves, dia 10 de janeiro, para começar a pré-temporada. “Estamos trabalhando, fazendo contatos, mas esta época do ano é difícil. A ideia é anunciar alguma coisa a partir de terça-feira, mas não é possível prometer”, continua.

O Inter pretende contratar entre quatro e cinco reforços, todos em nível de titularidade. Na lista de prioridades estão um atacante — que pode não ser um centroavante —, um lateral-direito, um zagueiro e um volante. “Já temos um grupo forte e ainda podemos contar com os jovens que estão subindo. Mas a Libertadores é uma competição muito forte. Precisamos de mais alguns reforços pontuais”, explica.

Luis Fernando Gomes ratificou que Alan Patrick não permanecerá no clube. O meia, que esteve no Inter nos últimos 18 meses cumprindo contrato de empréstimo, pertence ao Shakhtar Donetsk, que não repetirá o negócio. A ideia dos ucranianos é vendê-lo por um valor compatível com o gasto na sua compra do Santos há três anos. Naquela época, o Shakhtar investiu 6 milhões de euros para contratá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário