CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

BRASIL PERDE PARA O FLAMENGO NA COPA DO BRASIL

O Brasil de Pelotas perdeu, mas a torcida xavante saiu vibrando do Bento Freitas, nesta quarta-feira. A equipe fez um jogo equilibrado com o Flamengo, tomou dois gols em falhas defensivas, mas se recuperou no final e encontrou o golzinho salvador para permanecer vivo na Copa do Brasil. Mesmo derrotado por 2 a 1, o Xavante fez festa e vai tentar a sorte no Maracanã no jogo da volta, com a necessidade de vencer por dois gols de diferença.

O oportunismo fez toda a diferença na primeira etapa. A equipe de Pelotas chegou a pressionar, restringiu as chances do Flamengo, mas desperdiçou as oportunidades que teve de abrir vantagem no placar. Recebeu o devido castigo.

Depois que Rafael Forster perdeu duas chances em cobranças de falta e ninguém aproveitou a bobeada de Paulo Victor, que largou bola na frente do gol, Alecssandro não perdoou. O centroavante flamenguista aproveitou falha de Bierhals, que recuou fraco de cabeça, e fulminou na cara do goleiro Eduardo Martini, marcando o 1 a 0. Aos 45 da primeira etapa, Nena perdeu a grande chance do empate. Ele recebeu na meia-lua e tentou chutar no ângulo direito, mas mandou ao lado da goleira.

Batalha até o fim
O Xavante voltou pressionando na segunda etapa e chegou a ter chances com Nena e Márcio Hahn. Nena chegou a tentar uma bicicleta, mas acertou a marcação no belo movimento. Mas a falta de pontaria foi novamente castigada, aos 29 minutos. Arthur Faria cobrou falta para o Flamengo, a bola rebateu na barreira e sobrou para Pará. O lateral direito bateu colocado na bola, fácil para defesa, mas Eduardo Martini falhou. O goleirão fez golpe de vista e viu as redes balançarem no canto direito para o 2 a 0 que eliminava a equipe de Pelotas da Copa do Brasil.

Mas o Brasil não se entregou e foi para o abafa. Mesmo sofrendo contra-ataques, segurou as pontas e buscou o 2 a 1 aos 47 minutos da etapa final. Rafael Forster se redimiu com boa cobrança de falta e o centroavante Nena mostrou que também sabe ser oportunista. Apareceu no segundo pau e confirmou o gol que fez explodir a festa no Bento Freitas.
www.CorreiodoPovo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário