CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

terça-feira, 10 de novembro de 2015

DOPING NO INTERNACIONAL.

Nenhuma das duas substância flagradas nos testes antidoping realizados por Nilton e Wellington Martins aumenta o rendimento esportivo de atletas do Inter. No entanto, elas podem ser usadas para a perda de peso e também terem o efeito de mascarar a utilização de outras substâncias proibidas pela Agência Mundial de Antidoping, como esteroides anabolizantes. Os exames, inclusive as contraprovas, foram realizados pela UCLA Olympic Analytical Laboratory nos Estados Unidos.

Os dois volantes ainda serão julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em um processo que pode ir até a Corte Arbitral do Esporte, na Suíça, e correm o risco de ficarem afastados do futebol por um período que pode chegar a dois anos. A princípio, o Inter não corre risco de sofrer qualquer punição relativa ao caso. Ambos são acusados de terem ingerido dois diuréticos: hidroclorotiazida e clorotiazida.

Os advogados do Inter têm até a próxima segunda-feira para formular uma defesa prévia dos dois atletas. Depois, o caso será julgado pelo STJD em sessão que deve ser realizada nas próximas semanas. Em conversas com os dirigentes, Nilton e Wellington Martins afirmaram inocência. Eles devem ganhar mais uns dias de folga — o grupo colorado só retorna ao trabalho nesta quarta-feira após a vitória de sábado sobre a Ponte Preta. Ambos estão orientados a não concederem entrevistas em um primeiro momento.

www.correiodopovo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário