CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

NÃO DÁ ESCOLHER ADVERSÁRIO.

O Brasil foi derrotado no handeball  após a classificação
suada frente a França para escapar de adversários teóricamente
mais difíceis no confronto mata-mata.
Escolhido a Romênia para o confronto, o que se viu 
neste domingo foi um time Romeno motivadíssimo e o
Brasil não se encontrando em quadra.

O sonho brasileiro do bicampeonato mundial de handebol feminino acabou. Neste domingo, as meninas do time verde-amarelo erraram muito em quadra e, em confronto válido pelas oitavas de final da competição disputada na Dinamarca, foram derrotadas por 25 a 22 pela Romênia, amargando a eliminação precoce.

Além desse embate, outros três jogos agitaram o torneio. A Noruega derrotou a Alemanha pelo placar de 28 a 22. A seleção dos Países Baixos não teve dificuldades em passar pela Sérvia, 36 a 20. Já a Dinamarca, dona da casa, segue em busca do título, após vencer a Suécia por 26 a 19.

O JOGO

A Romênia começou vencendo, porém, após boa defesa da goleira Babi, o Brasil virou o placar. Apesar de ter permanecido um jogo, em boa parte, equilibrado, o sistema defensivo forte das europeias fez a diferença, com a goleira Ungureanu realizando ótimas defesas. Além disso, o ataque das atuais campeãs do mundo não foi tão efetivo quanto o das adversárias, que aproveitaram melhor as chances. O final da primeira etapa chegou com a Romênia vencendo por cinco gols de diferença, 13 a 8.

Com mais um tempo pela frente e a certeza de que nada estava definido, as brasileiras voltaram mais ligadas no segundo tempo, melhorando o aproveitamento da equipe. Após dez minutos da etapa final, o Brasil já havia marcado sete gols, em comparação aos quatro da Romênia, e o placar marcava 17 a 15 para as europeias.

Na sequência do jogo, a defesa canarinha não mostrou solidez e as adversárias conseguiram chegar às redes com maior facilidade, e a diferença de gols, após metade da segunda etapa, voltou a ser de cinco, 20 a 15.

Porém, o Brasil reagiu no embate e encostou no placar. A dez minutos do fim, a Romênia vencia por apenas 20 a 19. A goleira Ungureanu impediu que as brasileiras empatassem o jogo, após a finalização de Alê.

Nos minutos finais, a defesa romena prevaleceu. Assim, a Seleção Brasileira, atual campeã, acabou eliminada pelo placar de 25 a 22.
***matéria da  Gazetra Press de 13.12 às 19:30 hrs

Nenhum comentário:

Postar um comentário