CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

segunda-feira, 6 de junho de 2016

ERROS DE ARBITRAGEM EM CASCA.

No sábado, 04, o Cerro Largo Futsal foi até a cidade de Casca para enfrentar o vice-líder da chave 2, SERCCA, pela penúltima rodada do turno do estadual série bronze, em um grande jogo acabou perdendo por 5 x 3, após falhas da desastrosa equipe de arbitragem, agora a semana será de trabalho intenso para no sábado receber a AMF de Marau pela última rodada do turno.
Em um primeiro tempo movimentado e de seis gols, o time cerrolarguense saiu na frente aos 4 minutos, após chute de Yago, a bola desviou no adversário e enganou o goleiro, 1 x 0 Cerro Largo, o time da casa empurrado por mais de 1.200 torcedores que lotaram o ginásio foram para cima e empataram o jogo, mas Cerro Largo continuava bem, e num chute cruzado para a área contou com a sorte novamente, o jogador da casa foi cortar o cruzamento e acabou fazendo contra. Em apenas dois minutos o time do SERCCA buscou a virada com gols aos 9 e aos 11 minutos. Os gols não abateram o time, que buscava o empate, faltando 1 minuto para o fim do primeiro tempo, Xande empata o jogo após cobrança de falta da entrada da área, 3 x 3.
Na segunda etapa, o time voltou melhor, superior em quadra o gol parecia questão de instantes para sair, a partir da metade do segundo tempo entrou em cena aquele que deveria apenas comandar o espetáculo, visivelmente despreparado e tendencioso começou o “espetáculo” a parte do árbitro principal da partida, em uma falta normal de jogo ele apresenta o segundo cartão amarelo para Xande que é expulso, o time suportou os dois minutos com um a menos, inclusive, numa roubada de bola Yago teve a chance de colocar o time na frente, mas parou no goleiro, destaque do time da casa. Faltando 4 minutos para o final da partida, em uma jogada na área do Cerro Largo, o jogador literalmente se atirou, pênalti, a marcação causou revolta no time, uma vez que o jogador levantou e saiu rindo da situação, na cobrança 4 x 3 para o SERCCA. Em busca do empate o time foi para cima, em um lance na área do SERCCA o goleiro se choca com Silas, mais uma vez entra em cena o árbitro, marcando a sexta falta contra Cerro Largo e não bastando isso, apresenta o segundo amarelo para Silas que é expulso, na cobrança do tiro livre 5 x 3 para os donos da casa. O time ainda buscou diminuir o placar mas não teve mais tempo.
No final do jogo teve muita reclamação e indignação com a equipe de arbitragem, segunda a equipe da Rádio Caibaté que transmitiu o jogo, uma arbitragem totalmente despreparada e caseira, indignado o presidente do time Rafael Arenhardt, desabafou ao final, “quando o árbitro quer aparecer mais que os jogadores da nisso, em dez minutos conseguiu estragar um grande jogo, não merecíamos isso, as duas equipes buscando o resultado num jogo limpo, o cara não tem condições de apitar um estadual, além de nos prejudicar hoje quebrou com o nosso time para a próxima rodada.”
O ponto negativo ainda ficou para o final, a equipe de arbitragem e delegado da partida, bem como os seguranças, deixaram o ginásio logo após o jogo, com o time ainda no vestiário, quando a delegação se preparava para deixar o ginásio alguns torcedores da organizada foram para frente do vestiário e começaram a provocar os jogadores, com inicio de tumulto alguns torcedores tentaram agredir os jogadores e comissão, que contou com o apoio da diretoria do SERCCA e até dos jogadores da casa para acalmar os ânimos e evitar o pior.

Agora a semana será de muito trabalho para ajustar a equipe para o jogo de sábado em Salvador das Missões contra a AMF de Marau, para o jogo o técnico Redencio não poderá contar com Silas e Xande expulsos na partida e Juliano que recebeu o terceiro amarelo e cumpre suspensão, além de Jarbas que segue fora por lesão, e espera pela recuperação de Adalto que sentiu o tornozelo na partida contra o Cometa e ficou de fora do jogo de sábado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário