CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

sexta-feira, 13 de abril de 2012

FLAMENGO FORA DA LIBERTADORES.

Ivo Almeida -UOL.-RIO DE JANEIRO


 Mesmo com toda sua bagagem no futebol, Joel Santana não soube explicar a eliminação do Flamengo, que venceu o Lanús por 3 a 0, nesta quinta-feira, mas não conseguiu avançar na Copa Libertadores. Para o experiente treinador, foi uma verdadeira zebra o Emelec ter se classificado para as oitavas de final e o Rubro-Negro, não. O time equatoriano bateu o Olimpia por 3 a 2 com gol no último minuto e tirou a vaga dos cariocas.

Fla fica perto de milagre, mas cai na 1ª fase
Fla prepara mudanças e não descarta novo técnico
Love chora, Joel se isola e atletas do Fla se calam
Felipe teme por desmanche no Flamengo
Léo Moura dá entrevista e ouve eliminação ao vivo

"É difícil falar qualquer coisa agora. Eu nunca tinha participado de uma situação como essa. Em cinco minutos, mudamos nossa classificação três vezes. Coisas incríveis aconteceram com esse grupo. Não é possível. A equipe menos cotada por todos acabou se classificando. Não são apenas resultados que eles [Emelec] construíram, mas coisas que os outros times deixaram de fazer", disse Joel Santana, que pediu uma explicação “divina”.

"Se fosse no Equador, ainda dava para entender esse gol no último minuto. Mas hoje, sinceramente, apostava mais no Olimpia. Não sei o que dizer agora, só os deuses do futebol podem explicar", completou.

Sem falar sobre continuação ou não no cargo, Joel Santana manteve o discurso boleiro e garantiu que, apesar da eliminação na primeira fase, o Flamengo deixa a Libertadores com saldo positivo. "O futebol nos deixa perplexos pelos acontecimentos. Fica uma chateação em função da atuação que nós tivemos. Apresentamos mais bons do que maus momentos na competição. Tudo é aprendizado. E esse é mais um que levamos levar para outros jogos. Fica o gostinho amargo na boca", finalizou.

O Flamengo fez sua parte ao vencer o Lanús por 3 a 0, mas acabou fora das oitavas de final porque o Emelec derrotou o Olimpia por 3 a 2, com gol no último minuto. O Rubro-Negro precisava conquistar os três pontos e torcer pelo empate entre equatorianos e paraguaios para seguir na competição.

 
***WWW.UOL.COM.BR*

Nenhum comentário:

Postar um comentário