CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

segunda-feira, 25 de julho de 2016

GRÊMIO SEGUE EM BUSCA DA LIDERANÇA.

A vitória do Grêmio ficou magrinha perante o domínio sobre o São Paulo, neste domingo. Ainda assim, o 1 a 0 garantiu três pontos importantes para o Grêmio na Arena, que recebeu quase 40 mil torcedores. Com o resultado, a equipe chegou aos 30 pontos, empatada com o segundo colocado Corinthians e a dois do líder Palmeiras. Na próxima rodada, o time de Roger Machado enfrenta o América-MG no Independência.
O Tricolor envolveu o São Paulo completamente e empilhou chances, mas não conseguiu marcar seu gol no primeiro tempo. Do outro lado, os paulistas pouco ameaçaram, apostando apenas em chutes de fora da área que pouco fizeram o goleiro Marcelo Grohe trabalhar.
Avalanche de oportunidades
Nos primeiros dez minutos, foram nada menos que cinco as oportunidades, com Douglas, Bolaños e Negueba. Na primeira, o meia chutou fraco. Depois, Bolaños dominou com a mão na marca do pênalti. O equatoriano ainda recebeu em jogada combinada de Douglas e Maicon, mas chutou prensado. Depois, foi a vez de Negueba receber do camisa 10, mas chutar tirando tinta do ângulo direito. Aos 10 minutos, Bolaños experimentou um canhonaço da entrada da área, mas Dênis espalmou em boa defesa.
Aos 21, a chance veio em cobrança de falta, a dois passos da área. Edilson mandou no ângulo esquerdo, mas Dênis estava bem posicionado e defendeu. Dez minutos depois, Douglas ajeitou de cabeça para Negueba, que dominou no peito e chutou de primeira, mas isolou.
Aí, o “quem não faz leva” quase operou aos 35 minutos. A zaga gremista errou o posicionamento. Geromel deu o bote errado e sobrou para Michel Bastos. Na hora do chute, o zagueirão se recuperou e voou de carrinho para mandar em escanteio. No contragolpe, Everton perdeu oportunidade incrível, ao ser lançado por Negueba na frente do gol. Sem marcação, ele chutou fraco e consagrou o goleiro. Logo depois, sentiu lesão na coxa e precisou ser substituído por Pedro Rocha. Aos 47, Bolaños ainda obrigou Dênis a nova boa defesa, com uma pancada da meia-lua.
Tricolor vai para cima e abre o placar
Os times voltaram sem trocas do intervalo e o Grêmio continuou em cima na busca do seu gol. Logo aos quatro minutos, Bolaños recebeu na área e chutou cruzado, rasteirinho muito perto de abrir o placar.
A pressão deu resultado dois minutos depois, no faro para rebotes do meia Douglas. Bolaños rolou para Maicon, que chutou da risca da área. O goleiro Dênis espalmou para o meio da área e o camisa 10 gremista surgiu de oportunista para fulminar no fundo das redes o 1 a 0.
O Tricolor não ficou só nisso e continuou mandando na partida, mesmo com a vantagem do placar. Aos 14, Negueba tentou o chute na direita, mas Dênis espalmou. Depois, Douglas quase ampliou em ótimo passe de Bolaños. Aos 26 minutos, o equatoriano lançou o meia na cara do gol, mas Dênis defendeu no chute cruzado.
Aos 33 minutos, o São Paulo se complicou ainda mais com a expulsão de Mena após falta em Negueba, ao receber o segundo amarelo. Apesar dos paulistas darem o último gás, quem chegou perto de ampliar foi o Grêmio. Henrique Almeida entrou no lugar de Douglas e quase gerou o 2 a 0. Ele recebeu na área e chutou no giro. A bola bateu na zaga e sobrou para Maicon, que chutou forte no canto para grande defesa de Dênis. Já nos acréscimos, Pedro Rocha por pouco não marcou um golaço. Ele recebeu na área e encobriu o goleiro, mas o zagueiro Bruno estragou a cereja do bolo na festa, tirando de cabeça em cima da linha.Ficou mesmo no a 1 a 0.
WWW.CORREIODOPOVO.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário