CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

UM LANCE DE CRAQUE !

Um lance de craque
D'Ale: um grande conquistador de Taças ! Sirva de exemplo .

 Todos sabem do evento que D’alessandro faz todo fim de ano para arrecadar dinheiro para entidades beneficentes.
Somente as pessoas mais mesquinhas conseguem criticar o Lance de Craque e acreditem, não são poucas que fazem isso! Basta ligar o rádio em qualquer emissora que você ouvirá um pseudo entendido de futebol ou um gremista enrustido sentando o sarrafo no argentino.
Porém, quem tem pelo menos dois neurônios sabe que o Lance de Craque é um evento reconhecido nacionalmente e que consegue unir a torcida colorada e a torcida gremista juntos na arquibancada em pró daqueles que mais precisam.
O que muita gente não sabe é a história que vou contar a seguir:
Meses atrás, D’alessandro, ao ajudar a classificar o Internacional para as quartas de final da Copa do Brasil, foi questionado por um repórter se queria um grenal na próxima fase para apagar os 5 a 0 do grenal anterior.
O capitão respondeu: “Não tem que apagar nada! A história fala por si só. É muito mais rica para este lado. É muito melhor para o lado vermelho do que para o outro lado”.
Danrlei, ídolo gremista, rebateu no seu Twitter: “Se eu perguntar pra ele a história do time dele antes de 2006 ele fica sem palavras”.
Bom, que o Inter foi Tricampeão Brasileiro Invicto em 1979 enquanto o grêmio sequer havia conquistado um Campeonato Brasileiro, todo mundo também já sabe e não vou focar aqui nas bobagens que diz um jogador aposentado.
O que diziam aquela época é que o clima entre os dois ídolos nos eventos da sociedade porto-alegrense passou a ficar meio xarope.
O que D’alessandro fez? Em um ato nobre, convidou Danrlei para o Lance de Craque e o escalou no próprio time, evitando assim que a torcida colorada o vaiasse o tempo todo no Beira-rio.
Danrlei, ao final da partida disse para a reportagem: “Não estou entendendo, não ouvi uma única vaia, não fui hostilizado e vários colorados até vieram tirar foto comigo”.
Então, falem o que quiserem de D’alessandro. Falem que ele é briguento, que ele quer apitar o jogo, que às vezes dá chilique, mas falem de D’alessandro!
A verdade é que todo gremista que o desdenha faria de tudo para ver D’alessandro jogando no Grêmio!
A torcida gremista, que se auto-intitula “Alma Castelhana”, trocaria até mesmo um título… opa! Título não porque é algo raro do lado tricolor, mas trocariam os 5 a 0 na Arena OAS por um ídolo argentino defendendo o clube segundino.
D’ale é um exemplo dentro e fora de campo, D’ale se emociona e enche os olhos d’água ao ser questionado se tiver que deixar o Inter, D’ale chora ao conhecer um menino da comunidade carente, ao saber que sua mãe o batizou de “Andrés D’alessandro” (foto), D’ale é um cidadão porto-alegrense por vontade própria e sempre faz questão de dizer para todos que tem orgulho de ser gaúcho.
Não vai embora D’alessandro, se aposente no Inter, vire técnico, presidente, dirigente, qualquer coisa, mas não vá embora! O Inter precisa de ti!
Obrigado por tantas alegrias, por tantos títulos, por ser um exemplo para jovens e adultos, muito obrigado por tudo!
Imagem: http://globoesporte.globo.com//



Nenhum comentário:

Postar um comentário