CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

terça-feira, 19 de abril de 2016

INTER ASSINA COM ESPORTE INTERATIVO.

Um contrato que rende mais dinheiro, que respeita o público que vai aos estádios e que preserva os demais patrocinadores do clube. O Inter se baseou neste tripé virtuoso para fechar um contrato com o Esporte Interativo, canal de TV que pertence ao grupo Time Warner e é um dos maiores do mundo. O acordo prevê a transmissão dos jogos dos Campeonatos Brasileiros de 2019 e 2020, mas pode ser prorrogado por mais quatro anos se o Conselho Deliberativo der a autorização.
O presidente Vitorio Piffero representou o clube no lançamento do projeto, na tarde desta terça, no estádio Pacaembu, em São Paulo. Do grupo de 14 clubes que também assinou com o Esporte Interativo, os destaques são o próprio Inter e o Santos. Os outros são Atlético-PR, Bahia, Ceará, Coritiba, Criciúma, Fortaleza, Joinville, Paraná, Paysandu, Ponte Preta, Sampaio Correia e Santa Cruz. Palmeiras e Figueirense também estão negociando.
"Assinar com o Esporte Interativo foi uma atitude de coragem por parte dos clubes que estão aqui, que já está beneficiando todo o futebol brasileiro. Os outros clubes já estão negociando com as outras emissoras em outro patamar. A concorrência elevou os valores pagos de uma forma geral", enfatizou o presidente.
O contrato prevê o pagamento de cerca de R$ 24 a 28 milhões por ano para o Inter (o valor exato depende de uma fórmula que leva em conta o rendimento no próprio campeonato e também uma pesquisa de audiência). Esse valor, segundo os dirigentes presentes, é em média dez vezes maior que o pago anteriormente.
O contrato também prevê a transmissão de um número mínimo de partidas por temporada e vai discutir melhor os horários dos jogos, facilitando a presença de público nos estádios.
A prorrogação do contrato até 2024 depende de uma autorização do Conselho Deliberativo. Neste momento, o Conselho Fiscal do clube trabalha em um parecer sobre o acordo, que será votado pelos conselheiros nas próximas semanas. Por ter assinado por 2019 e 2020, o Inter já receber R$ 13 milhões. O clube conservou os direitos de TV aberta, payperview e internet para futuras negociações.
www.correiodopovo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário