CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

GREMIO OU CRUZEIRO- QUEM É MELHOR????

Gremistas elogiam o Cruzeiro, mas diagnóstico é de equiparação

Douglas e Lúcio não identificam uma equipe superior às demais no Brasileirão

Por Eduardo Cecconi
 P.Alegre=globo.com

Lúcio lembra confronto com o Cruzeiro

Nem o Grêmio, nem qualquer dos adversários.
Embora identifiquem no Cruzeiro o adversário mais forte que enfrentaram, Douglas e Lúcio não elegem uma equipe acima das outras no Brasileirão 2010.
O articulador e o lateral improvisado no meio-campo diagnosticam um nivelamento na qualidade dos times.

Douglas, camisa 10 recém-egresso da Seleção Brasileira, acredita que o Grêmio tem virtudes tão fortes quanto as apresentadas pelos líderes. Perguntado se havia um superior aos demais, respondeu:

- Hoje não tem. Estamos batendo times fora de casa e dentro de casa, com um padrão de jogo excelente.
A nossa equipe está mostrando que tem um grupo forte, como sempre teve.
Passou por um momento difícil, mas conseguiu a confiança, conseguiu se erguer.
 Estamos jogando igual ao pessoal lá de cima, e se for enfrentar eles, será de igual para igual.

No Olímpico, Grêmio venceu o Cruzeiro por 2 a 1. Jonas marcou (Foto: Eduardo Campos / Agência Estado)Lúcio concorda ao apontar o mesmo nivelamento descrito pelo companheiro de titularidade no Grêmio.

- O Campeonato Brasileiro está muito nivelado. Dá para se destacar o Cruzeiro, que veio fechado para cá, saiu na frente; ,o Fluminense que vem ganhando jogos fora. Não dá para especificar uma equipe, é mais pela qualidade de um ou outro jogador que os jogos estão se decidindo.

Cruzeiro também é o destaque resgatado por Douglas na memória recente.
- O Cruzeiro foi o time mais forte que veio jogar aqui - disse, referindo-se ao Estádio Olímpico.



No Brasileirão 2010, o Grêmio passou invicto pelo Cruzeiro. Em Minas Gerais, houve empate em 2 a 2. No Olímpico, vitória tricolor por 2 a 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário