CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER

CERRO LARGO FUTSAL/LOJAS BECKER
Cerro Largo Futsal/Lojas Becker -Série Bronze 2017

sexta-feira, 1 de abril de 2011

NOVA ARENA DO GREMIO.

Plano comercial da Arena do Grêmio será finalizado ainda em 2011

Dirigentes do clube e da empresa OAS reúnem-se para elaborar o projeto

Por Eduardo Cecconi -Porto Alegre-GLOBO.COM

Antonini visita obras da nova Arena do Grêmio
(Foto: Eduardo Cecconi/Globoesporte.com)
No final de 2012, seguindo o cronograma, o Grêmio pretende inaugurar seu novo estádio - a Arena, em construção no bairro Humaitá, zona norte de Porto Alegre. Mas ainda neste ano os dirigentes do clube e da construtora OAS querem levar ao mercado o plano comercial.

Em 2011 a ideia é buscar parceiros para comercializar o nome da Arena - cedendo os direitos desta marca por 20 anos - e 30 mil metros de área para publicidade, mais os camarotes e cadeiras aos torcedores nos 54 mil lugares previstos para a capacidade - estuda-se uma ampliação para 56 mil.

Na manhã desta quinta-feira houve a visita mensal às obras, aberta à imprensa. Participaram da conversa com os jornalistas o diretor da OAS, Eduardo Pinto, e o presidente da Grêmio Empreendimentos, que administra o projeto, Eduardo Antonini.

- Antes de terminar o ano pretendemos começar a comercialização destes espaços. O desafio é grande, porque esta é a primeira Arena multiuso do Brasil - afirma Antonini.

Ainda conforme o dirigente gremista, também eleito vice-presidente do clube na gestão Paulo Odone, o contrato entre Grêmio e OAS prevê a elaboração em conjunto. Ou seja, as decisões sobre o plano comercial precisam ser autorizadas pelas duas partes.

- Esta tudo previsto em contrato, a colocação dos preços e a escolha dos parceiros precisa ser feita em comum acordo.

Com bom humor, Antonini respondeu à pergunta sobre a possibilidade de se comercializar os direitos do nome da Arena do Grêmio a uma empresa que tenha o vermelho como cor predominante.

- Não, o Grêmio não aprova o uso de vermelho. Temos histórico de parceiros que mudaram de cor para anunciar conosco - afirmou.

Eduardo Pinto entrou no clima, e reiterou:

- Nossas xícaras, que eram vermelhas, aqui no Grêmio são pretas - disse, referindo-se à marca da OAS, que nos materiais referentes ao clube não se utiliza do vermelho original da construtora.











Nenhum comentário:

Postar um comentário